2016_12_20_17_00_210001Título: Exercícios de ser criança
Autor: Manoel de Barros
Ilustrador: Demóstenes, bordado por Antonia Diniz, Ângela, Marilu, Martha e Sávia Dumont
Número de chamada:
 LIJ 7509
Número de registro: 13726/2005
Editora: Salamandra
Ano de publicação: 1999
Número de páginas: 48

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resenha:2016_12_20_17_00_210002
Neste livro, o poeta nos mostra a poesia existente no dia a dia de qualquer criança e também que qualquer criança pode ser poeta um dia. Tirando força da poesia como veículo de sensações e memórias, o autor nos mostra um retrato poético de crianças comuns do interi or do Brasil. Esse retrato é reforçado por singelas ilustrações feitas com bordados sobre tecido. As variações de laranja e ocre no fundo dos bordados enfatiza o regionalismo. Todas as ilustrações foram executadas por uma família bordadeira das margens do rio São Francisco. O livro é dividido em duas partes: O menino que carregava água na peneira e A menina avoada. Ambas com o mesmo padrão estético.

 

Palavras-chave: poesia, tempo, bordado, infância, brincadeira.
Imagem-chave: pág. 24 e 25
Resenhista: Guto Lins

 

 

 

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?